segunda-feira, 23 de julho de 2018

Cidade Sem Alma, de Ransom Riggs

Sinopse:

Jacob Portman chegou ao Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares em busca de respostas para a misteriosa morte do seu avô - mas encontrou ainda mais mistérios...

Depois de viajar no tempo até 1940, Jacob conhece as crianças peculiares - rapazes e raparigas com poderes sobrenaturais -, e a senhora Peregrine, que toma conta delas e as protege das criaturas que parecem determinadas a exterminá-las. 

Quando o lar é destruído e a senhora Peregrine fica em perigo, Jacob, com os seus recém-descobertos poderes, junta-se ao seus novos amigos para tentarem salvá-la.

Contudo, as ruas de Londres durante a Segunda Guerra Mundial não são nada seguras para um grupo de crianças sozinhas...

A aventuras d'O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares continua em Cidade sem Alma, onde Jacob e os seus amigos têm de enfrentar desafios inimagináveis para se salvarem. (in Goodreads)


Opinião:

Assim que terminei o primeiro, peguei logo no segundo. E este foi outra excelente leitura, super emocionante e recheada de adrenalina. O autor mantém sempre o mesmo nível de acontecimentos bizarros, aventuras loucas e dilemas relativamente banais que se misturam com outros de uma importância extrema para os diversos rumos da trama. Ou seja, outro livro espetacular! 

Neste livro as personagens continuam a ser fantásticas e todas elas continuam a dar o seu contributo único para a narrativa. Jacob e Emma têm aqui um papel ainda mais de destaque, uma vez que a história vai por caminhos onde eles aparecem em mais momentos em relação a outras personagens. Também há um maior número de errantes e sem-alma que aparecem neste volume, bem como outras personagens bastante interessantes, como é o exemplo do cão falante, Addison. 

Quanto à história, esta difere um pouco da primeira, uma vez que o cenário dos acontecimentos muda e a luta contra as forças dos errantes aumenta de tom, tornando-se num acontecimento extremamente violento e aterrados. O grupo de Jacob parte em busca da sua professora, desta vez por Londres e à procura de variadas pistas e possíveis ajudantes para a sua demanda. Continua a ter um enredo muito bom, repleto de aventura, ação, mistério e momentos de grande suspense, bem como algum romance. A relação de Jacob e Emma vai-se adensando, o que também é bonito de ser acompanhar.

Gostei da forma como o autor foi entrelaçando e desatando os variados acontecimentos que cria, de modo subtil mas grandioso. A escrita continua super fluída e muito rápida, fazendo com que o leitor leia o livro muito rapidamente. 

Ao longo da narrativa é possível constatar também a alegoria criada pelo autor em relação com os acontecimentos da história e a Segunda Guerra Mundial. Enquanto conta uma história inventada, Riggs consegue fazer uma analogia excelente entre a sua narrativa e alguns acontecimentos desse período negro da nossa História. Os errantes disfarçados de nazis, as experiências criadas por eles, o seu próprio propósito de governar o mundo, são uma forma interessante e inteligente de criar uma metáfora entre as duas "realidades". Tal já estava presente no livro anterior, mas neste é ainda mais visível. 

As fotografias continuam a ser uma maravilha e a criar uma atmosfera única.

Assim, este foi mais um excelente livro da trilogia! Recomendo vivamente! Muita ação, mistério e romance, com momentos de grande tensão e emoção. Sem dúvida, uma lufada de ar fresco.

NOTA (0 a 10): 10

1 comentário:

  1. Oie,

    Bem vir ao blog e ler estes comentários vai arruinar a minha carteira, bolas deixas-nos super curiosos :D

    Recomendação registada :)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar