domingo, 9 de março de 2014

Bibliotecas

Há muito tempo que gosto de requisitar livros na biblioteca da minha cidade. Porém, durante alguns anos andei mais afastada.  

Com os livros mais caros e com a dificuldade de encontrar alguns decidi que estava na altura de voltar a requisitar. Quando vou à biblioteca é preciso  estar com calma e disposição para procurar. É possível encontrar bons livros, encontrar o que quero e descobrir outros, desde que se esteja com calma e com disposição para andar a ver e a ler os títulos das prateleiras. 

Há duas formas de ir à biblioteca, a meu ver. Ir já com os títulos em mente e procurar apenas por esses e ir à descoberta. Pessoalmente, gosto mais de ir à descoberta, pois assim tenho a oportunidade de ficar a conhecer o que existe no espaço. Esta forma também é útil para a primeira que referi, uma vez que, sabendo o que já para ler, é mais fácil decidir previamente o que ir buscar. São, assim, formas complementares. 

Claro que há muitas outras razões para ir à biblioteca. Este espaço não se resume apenas à leitura e requisição. Há Internet, livros técnicos e de pesquisa, hora do conto, exposições. Há, hoje em dia, uma variedade de atividades à disposição de quem frequenta a biblioteca. Basta ao indivíduo escolher o que pretende fazer. Isto é bom, pois permite uma maior dinamização tanto do espaço como dos recursos e dos interesses. Torna-se também mais diferenciado.

E vocês, utilizam as bibliotecas? 

Livros da biblioteca que tenho cá em casa

8 comentários:

  1. Uso sim a biblioteca :D

    comecei a usar há 5 anos quando descobri que a biblioteca tinha todos os livros da nora roberts...lol. :P fui trazendo uns, depois outros e cheguei mesmo a ler só livros da biblioteca, quando ia entregar uns trazia outros e sucessivamente. Hoje em dia já não vou tanto porque já conheço mais pessoas que me podem emprestar livros, posso comprar em 2ª mão, etc. Uso mais para coisas da faculdade mas de vez em quando lá vou buscar um livrito para ler.

    Dos livros que tens da fotografia o único que li foi o cavaleiro de bronze, dessa edição e também foi da biblioteca! se calhar até é o mesmo exemplar! :D

    bjs**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá =)

      A do Montijo, que é onde eu vou, também tem quase todos os da Nora Roberts. Ainda não li nada dela. Tenho de ver se leio algum.
      Sim, para as coisas da faculdade são mesmo indispensáveis. Principalmente as das próprias faculdades.

      Onde é que requisitaste o Cavaleiro de Bronze? =D

      Beijinhos!

      Eliminar
  2. Ois Maria,

    Infelizmente a Biblioteca onde vivo é mesmo muito fraquita e não tem nada de especial o que realmente lamento, eu se lá trabalha-se nem que comprasse aqueles livros que sairam da Biblioteca Sábado a 1€, mas pronto nem compreendo como é possivel estar tão mal :(

    Mas pronto felizmente não tenho falta de livros, apenas de tempo para os ler e penso que é uma boa mensagem sem duvida, sempre dá para ver como os bloguers fazem :D

    A mais bonita que vi até hoje foi a de Viana do Castelo, linda mesmo ;)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha,

      quando isso acontece é bastante chato, pois se não têm nada fica-se sem um recurso que podia existir. Sim, e livros que comprámos e não gostámos podem servir para entregar lá.

      Eu tenho ali alguns meus para ler, mas gosto de ir lá procurar =P

      Aquela do Porto também é muito bonita =)

      Beijinhos

      Eliminar
  3. A minha biblioteca em Vila do Conde era muito boa (desde que foi restaurada). Com um design super apelativo e uma grande variedade de obras. Quando era mais nova costumava requisitar alguns livros, mas preferia sempre juntar o meu dinheirinho e ir comprando os meus. Sou muito ligada aos meus livros... não sei explicar, é como se fosse um pedaço de mim, que me acompanhou durante aquele período de tempo. Como essa relação é muito importante para mim, a alternativa que arranjei (porque agora estou fora do país e não tenho biblioteca e porque o preço dos livros novos também é cada vez mais elvado) foi comprar livros usados em inglês (por cerca de 3 euros). Assim, obriga-me a melhorar o meu inglês, continuo a ter o livro físico juntinho a mim e poupo :)
    adorei o blog **

    * maryredhair *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,

      eu também gosto muito de ter os meus livros, mas há uns que, o por não ter tanto tanto interesse em ter, ou por não encontrar (caso do Ciclo Pendragon), vou lá buscar, dentro do que há. Também me permite experimentar sem ter medo de não gostar, pois, como não gastei dinheiro, não vou ficar a pensar no dinheiro empregue. Mas sem dúvida, ter os nossos livros é fantástico =) compreendo perfeitamente.
      Aqueles mesmo, mesmo favoritos, ah... esses são mesmo para ter.

      Em inglês é sempre alternativa. Também compro em inglês e gosto muito de ler. É como dizes, ajuda-nos a melhorar. E depois há sempre aqueles que não saem em português... e aí então, mesmo só em inglês =)

      Obrigada! Vou ver o teu ^^

      Eliminar
  4. Descobri que ainda não seguia o teu blog... sou uma vergonha D:

    Já há muito tempo que não requisito livros na biblioteca. Talvez uns bons 10 anos. Os últimos que requisitei ainda me lembro que foram livros d'As Brumas de Avalon.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá =D
      És nada uma vergonha! Descobriste e fizeste-te seguidora! Isso é que conta =P

      As Brumas são outros que há na biblioteca aqui da cidade que também quero. Não tinha assim muita vontade de os comprar, mas como há lá todos, é um descanso =)

      Beijinhos =)

      Eliminar